Os principais tipos de açúcar

02/09/2013 17:21

Com tantos tipos de açúcar à venda, fica difícil entender quais as utilidades e diferenças de cada um.

Mas esta dificuldade, agora é passado! Hoje, o Refoga Caseira explica tudinho timtim por timtim… Mas antes, é bacana saber que o açúcar é obtido pela materia-prima: cana-de-açúcar.

A variedade de açúcares se refere aos diferentes processos de refinamentos e à inclusão de produtos químicos durante a produção, que torna cada tipo de açúcar com uma cor e um sabor únicos.

O legal é entender que quanto mais escuro o açúcar, mais nutrientes ele terá.

Açúcar cristal
O nome se dá pelo aspecto deste açúcar que lembra pequenos pedaços de cristais.
Este açúcar passa por um leve processo de refinamento, porém este processo retira 90% dos sais minerais.
Além de ser econômico e render bastante, o açúcar cristal é ideal para decorar tortas, pães, biscoitos, o açúcar cristal é indicado principalmente para o preparo de compotas e geleias deixando-as com aspecto brilhante.
Não recomendado para adoçar líquidos, já que este tipo de açúcar demora a ser dissolvido.

Açúcar demerara
Possui uma coloração dourada suave (devido a grande quantidade de melaço de cana) e tem aspecto de granulagem.
Este tipo de açúcar passa por um processo de refinamento leve sem receber nenhum tipo de aditivo químico, o que torna a alimentação com este açúcar mais saudável.
Possui um sabor mais acentuado ao adoçar bebidas.
Por se tratar de um açúcar especial, muito utilizado para produzir doces sofisticados, este é um dos açúcares mais caros do mercado.

Açúcar de confeiteiro
Também conhecido como glaçucar. Tem aspecto semelhante ao da farinha de trigo.
Após o processo de refinamento, este açúcar recebe uma pequena adição de amido de arroz, milho ou fosfato que evita que os grãos deste açúcar grudem durante sua permanência nas embalagens.
Muito utilizado em caldas que não vão ao fogo, chantilly, coberturas, glacês, pasta americana, macarons e na decoração de bolos e doces.

Açúcar light
Combinação de açúcar refinado e sucralose (adoçante), como por exemplo o aspartame.  o ciclamato e a sacarina.
O sucralose é o único adoçante derivado da cana-de-açúcar e este adoçante potencializa o adoçamento de açúcar em 4 vezes mais do que o açúcar refinado, possibilitando uma utilização menor de açúcar ao usuário deste.
É importante se atentar que, devido ao fato deste produto conter açúcar refinado, não é indicado para portadores de diabetes. Considerado um substituto do açúcar refinado, este açúcar pode ser utilizado em quase todas as receitas (sempre se atentando que este açúcar é bem mais doce que o açúcar comum).

Açúcar mascavo
De cor dourado forte, este açúcar tem sabor que lembra rapadura.
Este tipo de açúcar não passa por nenhum processo de refinamento, e com isso, conserva seus nutrientes como o ferro, o cálcio e sais minerais.
Para acabar de vez com a dúvida, este açúcar não é orgânico! Indicado para preparos de bolos, tortas, biscoitos, cookies e brownies.

Açúcar orgânico
Livre de agrotóxicos, fertilizantes, pesticidas e qualquer outro ingrediente artificial desde o plantio até a sua industrialização, este açúcar possui cristais mais grossos e escuros comparados ao restante de açúcares à venda nos mercados.
Suas características nutricionais são semelhantes ao do açúcar mascavo.
É ideal para adoçar bebidas e preparar caldas, além de ser um substituto ao açúcar mascavo para quem prefere aderir uma alimentação sustentável.

Açúcar refinado
Também conhecido como açúcar branco, este açúcar é de fácil acesso à venda em todos os supermercados do mundo.
Possui grãos brancos que são facilmente dissolvidos em contato com líquidos.
Este açúcar é o coringa do nosso dia-a-dia podendo ser utilizado, praticamente, em todas as receitas doces.
Durante o processo de refinamento, alguns aditivos químicos são acrescentado em sua composição, como o enxofre, por exemplo.

Frutose
Extraído de frutas e do milho e não sofre uso de aditivos químicos.
Este açúcar é 30 vezes mais doce que o açúcar extraído pela cana-de-açúcar.
Encontra-se este açúcar em cereais, vegetais e mel.
No Brasil, a maioria da frutose vendida é importada e com um preço nada doce!

Açúcar Líquido
É o resultado da do açúcar refinado dissolvido na água.
Por ser estocado em embalagens próprias para líquidos, este açúcar diminui o risco de ser contaminado com poeira e microorganismos.
Muito utilizado em bebidas gasosas, bebidas claras, balas e produtos farmacêuticos.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!