Os 4 tipos de massa para macarrão

31/03/2013 19:35

Existem 4 tipos de massas para macarrão que podem ser encontrados à venda por todo o Brasil e o mundo. O Refoga Caseira explica as características de cada tipo de massa para auxiliar na sua escolha na hora da compra:
 

1. Massas Secas

Encontradas com facilidade nos supermercados, as massas secas possuem grande versatilidade no dia-a-dia.

Possuem um longo prazo de validade.

A quantidade ideal por pessoa é de 80 a 100g de massa crua. Pois, quando cozida seu volume triplica passando a ser de 250g por pessoa.

A cada 100g utiliza-se 1 litro de água para cozinhar.

Não existe a técnica de quebrar a massa antes de colocá-la na água e nem depois!!! 

É importante ter conhecimento de que a massa é cozida na água quente, e mesmo após ser retirada da água o cozimento continua. Ou seja, apenas cozinhe o macarrão quando já estiver com o molho pronto para montar o prato e levar à mesa.

O ponto ideal do cozimento é conhecido como "al dente". Isso significa que a massa deve estar firme e consistente.

A preparação da massa seca pode variar de acordo com os ingredientes utilizados, são eles:

Massa comum
 - Preparada com farinha de trigo e água.

Massa de sêmola
 - Preparada com farinha de trigo mais nobre, hoje denominada de farinha de trigo Tipo 1.

Massa com ovos
 - Preparada com a adição de três ovos por quilo de farinha.

Massa grano duro - Preparada com um trigo especial chamado trigo durum. Este tipo de massa fica naturalmente al dente.

Massa integral - Preparada com farinha de trigo integral e fibras. 

Massa com vegetais 
- Preparada com vegetais. Normalmente são utilizados beterraba, espinafre ou cenoura.

Massa caseira  - Preparada de forma artesanal, onde a massa passa por um processo de secagem para ser armazenada. este tipo de massa absorve melhor o molho.

 

2. Massas Instantâneas

Trata-se de um macarrão pré-cozido, e por isso, garante um preparo rápido. 

Este tipo de macarrão possui um pouco de óleo e pode ser preparado apenas com água fervente e um pacote de tempero pronto. 

Porém, deve-se tomar muito cuidado com o consumo deste tipo de massa, pois o temperinho pronto de algumas marcas contém mais sódio do que o recomendado por dia, podendo aumentar a pressão arterial e torna-se um risco para doenças cardíacas e hipertensão. Além disso, esses temperinhos possuem glutamato monossódico que realça o sabor, mas trata-se de uma substância viciante ao organismo que pode causar enxaquecas, náuseas, sudorese, entre outros.

Os tipos mais comuns de massa instantâneas encontradas à venda são: lámen, noodles, talharim e yakissoba.

 

3. Massas Frescas

Preparada com farinha de trigo (pode-se usar também a farinha de semolina) e ovos.

A massa fresca produzida a partir da semolina apresenta ótimas características de qualidade, além de textura firma após o cozimento e sem aditividade excessiva.

Em geral, este tipo de massa é comercializado sob refrigeração. 

Os tipos mais comuns de massas frescas encontradas à venda são: ravioli, capeletti, tagliatelle, caneloni, rondelli, nhoque e massa para lasanha.

 

4. Massas Pré-cozidas

São massas que passam por um processo de cozimento no vapor ou em um tacho com água fervente. E posteriormente passando por um processo de secagem.

Este tipo de massa também garante um preparo rápido. A massa precisa apenas ser re-hidratada para seu consumo.

O formato mais conhecido deste tipo de massa é o da lasanha.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!