Escolhendo, limpando, cozinhando e congelando o camarão

16/10/2013 18:27

Que o camarão é especial, muita gente sabe!

Mas de nada adianta um bom ingrediente, se ele não for escolhido e preparado de maneira adequada.

Até porque o preço dele não é lá essas coisas... mas fazendo tudo do jeitinho certo a recompensa vem logo após a primeira "bocada"!

Então, vamos aprender?

 

Escolhendo...

É preciso saber se os camarões estão frescos.

Para isso, verifique se o corpo do camarão está em curva e a cabeça bem próxima ao corpo, como se parecesse grudada.

O cheiro do camarão deve estar suave e sua casca bem brilhante.

Se os camarões apresentarem uma aparência seca e tiver manchinhas pelo corpo, saiba que já estão em processo de detrioração, portanto nada de comprá-los! Se a cabeça e o rabinho estiverem escuros, é a mesma situação... fuja deles!

Antes de sair às compras, pense qual receita você irá preparar com o camarão. Desta forma, fica mais fácil escolher o que levar:

Os camarões miudinhos são perfeitos para recheio de pastel, molhos ou para fazer aquele aperitivo famosinho de praia: o alho e óleo;

Já os grandes são perfeitos para serem preparados como prato principal, como as receitas de camarão à paulista, camarão à baiana, camarão ao curry...

Uma outra dica é primeiro comprar o camarão que está inteiro (com cabeça, miúdos e rabinho), pois é mais fácil de analisar de está fresco ou não. E somente depois, pedir para o peixeiro (caso você não queira fazer este serviço) de limpá-los conforme sua necessidade. 

É bacana pedir ao peixeiro que separe as cabeças e os rabinhos (se você pedir para ele retirar) e levar em uma bandejinha separada. Como a maior parte dos nutrientes se encontram nestas partes do camarão, estas guardam muito o sabor e ficam ótimas para preparar caldos e molhos.

 

Limpando...

Para fazer esta parte do processo é preciso ter tempo e paciência.

Os camarões que precisam ser limpos são os grandes e os médios, já os miúdos podem ser consumidos inteiros.

Para limpar os grandes e os médios é preciso retirar a cabeça e a tripa que se encontra acima no dorso do camarão ao longo de seu comprimento e na barriga do camarão.

É preciso retirá-la porque a tripa é o trato intestinal do camarão, se não for retirada a receita ficará com um sabor amargo e... sinceramente: desagradável! A tripa possui uma aparência semelhante a uma veia, mas é negra e é de fácil visualização.  

Durante o processo de limpeza, é preciso ter muito cuidado para que os crustáceos não sejam contaminados por bactérias. Deixe-os de molho em uma tigela com água bem gelada e, conforme for limpando, vá transferindo-os para outra tigela com água gelada... sempre mantendo a mesma temperatura fria, até terminar de limpar todos. Desta forma, impedimos que os camarões se tornem um meio de cultura para microorganismos. 


Podemos limpar o camarão de duas formas: com casca e sem casca!

Para limpar sem a casca, comece retirando a cabeça. Puxe as perninhas do camarão, e após removê-las retire a casca com cuidado, segurando o rabinho.

Com uma faca afiada faça um corte suave no dorso do camarão ao longo do comprimento e retire a tripinha com auxílio de um palito de dente.

Repita o processo fazendo um corte suave na barriga e retirando a tripa.

Lave o camarão em água corrente, e deposite-o em uma travessa ou bacia com água bem gelada, como já explicamos anteriormente.

Para limpar com a casca, você precisará utilizer uma tesoura culinária.

Retire a cabeça do camarão e com a tesoura, faça o corte no dorso do camarão e retire as tripas com o auxílio de um palito de dentes.

Retire as perninhas do camarão, e com uma faca faça um corte suave na barriga e retire a tripinha.

Quando você retira as perninhas do camarão, abre um pequeno espaço entre a casca, e facilita a retirada da tripa com a faca.

 

Cozinhando...

Nantes de qualquer coisa, é importante saber que o camarão cozinha super rápido. Se ele passer do ponto de cozimento vai acabar ficando com a carne dura e meio borrachuda.

Além de ser de cozimento rápido, o camarão precisa ser preparado sempre em altas temperaturas. Portanto, panela sempre muito quente, não importa se é com oleo ou água…

Caso contrario, o camarão soltará parte da água que contém em seu corpo e não cozinhará direito.

Para saber o ponto exato do camarão, é só prestart atenção durante o preparo. Eles começam a mudra de cor, ficando branquinhos, alaranjados e até rosados, neste ponto estão prontos!

Se a receita for um pouco demorada, o ideal é cozinhá-los menos e reserve-los dentro de uma bacia com água e gelo para interromper o cozimento. Mantendo a carne crocante e as cores do camarão bem vivas.

E depois acrescentá-los no fim do prepare, onde terminarão de cozinhar com o calor do prato.

No caso de utilizar o camarão em molhos, Adicione-os apenas no final do preparo e desligando o fogo.

Assim como muitas carnes, tempere o camarão com sal depois de estiverem cozidos, ok? Pode tempera-los antes com pimento-do-reino, limão, ervas e condimentos… só deixe o sal para depois!

 

Congelando…

Assim que tiver acabado de comprar os camarões, lave-os bem em água corrente.

Sempre colocando-os em água bem gelada. Limpe-os da forma como você desejar.

Se os camarões estiverem bem fresquinhos, pescados no mesmo dia da compra, você pode congelá-los crus.

Neste modo, depois de limpar, seque-os bem com papel-toalha. E, DICA, acomode-os em cima de uma tampa de tupperware bem flexivel e leve ao congelador, sem cobrir mesmo, por 3 horas.

Depois retire a tampa, e fazendo movimentos nela, puxando de um lado e depois do outro, os camarões congelados se soltarão.

Coloque-os em sacos plásticos, próprios para congelar, retirando com cuidado todo o ar, feche-os e retorne ao freezer para serem utilizados posteriormente em alguma receita.

Agora, se os camarões não forem pescados no mesmo dia, é necessário realizer o branqueamento dos mesmos.

Neste caso, limparemos o camarão normalmente e colocaremos água com sal para ferver. Assim que levanter fervura, adicionamos os camarões e deixamos aferventar por 3 minutos. Retire-os imediantamente e despeje-os emu ma bacia com água e bastante gelo para interromper o cozimento e resfriá-los.

Enxugue-os bem com papel toalha e repita o processo do camarão cru: acomodando os nas tampas de tupperware, levando ao freezer por 3 horas…. E blá, blá, blá!

 

Você pode mantê-los congelados por até 4 meses no freezer.

Na hora de utilizá-los na receita, descongele em temperature ambiente ou na geladeira.

 

Fácil, não?


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!