As espécies mais comuns de bacalhau

02/12/2013 17:12

Quem quer bacalhau levanta a mão!

Como já dissemos o nome bacalhau se refere ao processo de salga e secagem que o peixe passa... Mas então quais são as espécies de peixes utilizadas para fazer o bacalhau?

Para sanar esta dúvida, o Refoga Caseira pesquisou as 5 espécies mais conhecidas à venda como Bacalhau! E, o mais curioso é que o sabor entre uma espécie e outra tem bastante diferença...

Agora o que vai acontecer é que você poderá escolher o bacalhau que melhor se adapta ao seu paladar e ao seu bolso... Até porque nesta época do ano, qualquer economia é importante, né?

Então vamos conhecê-los:

 

O Gadus morhua 

É considerado o bacalhau legítimo!

Possui o melhor sabor e o preço mais alto comparado às outras espécies. O peixe inteiro também é mais largo que as outras variedades. 

A carne é amarelo-palha e, depois de cozida, se desmancha em lascas claras e tenras.

É conhecido também como cod ou Bacalhau do Porto.

Sabor inconfundível e sublime.

As peças que chegam ao Brasil variam de 5 quilos a 8 quilos, sendo 55% de lombo, 25% aparas das laterais e 20% de pele.

Recomendado para todos os pratos de cozinha internacional.

 

Saithe

Nome científico deste peixe é Pollachius virens. 

Esse bacalhau tem carne escura e de sabor bastante acentuado, ou seja, forte. 

Com um preço bem mais barato que o bacalhau do Porto, o Saithe se tornou bem popular no Nordeste do Brasil.

Sua carne desfia com facilidade, é  por isso é muito utilizado em bolinhos, saladas e ensopados.

 

Ling

O nome científico deste peixe é Molva molva. 

Sua carne é mais clara que a do saithe e seu preço também é bem razoável.

Possui postas altas e bonitas, carne bem clarinha que se separa em lascas macias e úmidas. 

Ideal para receitas de forno, panela ou frigideira. Fica uma delícia grelhado!

Sua peça é estreita e comprida (quando aberta forma um triângulo) sendo 60% lombo e 15% aparas.

 

Zarbo

Nome científico Brosme brosme. 

É o menor de todos os tipos de bacalhau.

Preço relativamente baixo e muita aceitação no mercado brasileiro, mas sua carne não é lá essas coisas... é escura e bem fibrosa.

Mas para preparar receitas que levam outros ingredientes, a carne deste bacalhau pode ser bem aceita.

 

Gadus Macrocephalus

Este bacalhau lembra o Gadus morhua apenas no formato: no rabo e nas barbatanas possui um bordado branco e sua carna é mais clara.

Sua carne, quando cozida, é fibrosa e não se desfaz em lascas. 

Ideal para ensopados de cozimento prolongado, recheios e bolinhos.

Possui sabor e consistência não tão bons, por isso é necessário que sejam bem temperados.

 

 

Ah, outra coisa importante a saber é que cada espécie de bacalhau pode estar dentro de uma das 3 classificações a seguir:

Imperial: A melhor classificação - significa que o bacalhau está com um corte perfeito, bem escovado e curado. 

Universal: Significa que o bacalhau apresenta pequenos defeitos que não chegam a comprometer a qualidade nem o sabor do bacalhau.

Popular: Bacalhau que apresenta manchas e que faltam alguns pedaços (muitas vezes extirpados pelo arpão no momento da pesca). 

 

Saber estas classificações ajudará você a selecionar o melhor bacalhau para você, sua família e amigos!

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!